3 de junho de 2017

RESENHA | O ORFANATO DA SRTA. PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES


Título: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares
Autor: Ransom Siggs
Publicação: Editora Leya
Ano de Publicação: 2012
Número de Páginas: 335
⭐⭐⭐⭐
 [+] Cedido em parceria com a Editora para resenha.
______________________________________________________
S I N O P S E : O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares é um romance que mistura ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. Traduzido para mais de 40 idiomas. “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” Rick Riordan, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” John Green, autor de A culpa é das estrelas. “Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” Tim Burton
________________________________________________________________________________

Já faz um bom tempo que eu estava desejando ler "O Orfanato da Srta. Peregrine", antes mesmo de ter sido lançado o filme. Em alguns anos atrás observei algumas pessoas comentando a respeito e o quão o universo que este autor, Ransom Riggs, criou de forma fantástica, e resumidamente as opiniões estavam corretíssima, este livro tem um potencial gigante, porém o autor acabou deixando algumas falhas no final, a sorte é que este livro na verdade é uma série. 

O ORFANATO DA SRTA. PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES (LIVRO UM)
CIDADE DOS ETÉREOS (LIVRO DOIS)
BIBLIOTECA DAS ALMAS (LIVRO TRÊS)

A parte introdutória que se deve ter é a relação familiar, entre Jacob e seu avô, onde o protagonista acabou, em maior parte da sua vida, ouvindo histórias do seu parente a respeito de um local totalmente recheado com magias e coisas do tipo, com criaturas incomuns - no caso, crianças com poderes, por exemplo a menina que levita que é encontrada na capa do livro. São estranhos estes personagens? Sim, mas eles foram muito bem constituídos. E tristemente o avô do garoto chega a falecer e por conta da enorme ligação e curiosidade a respeito dessas histórias, Jacob resolve investigar se essas criaturas eram verídicas ou apenas criação do avô.
“Será que era isso que meu avô queria que eu encontrasse? É, só pode ser – não as cartas de Emerson, mas uma carta guardada dentro do livro de Emerson. Mas quem era essa diretora escolar, essa Alma Peregrine?”

Depois da tragédia ocorrida, o protagonista acaba indo parar em uma ilha no País de Gales, onde lá ele acaba encontrando todos os rumores do orfanato, as crianças com alguns truques especiais e por aí parte uma aventura onde acaba conhecendo ainda mais a respeito do seu avô, porém temos sempre dois lados, o bem e mal e os peculiares então a cada dia em perigo e só Jacob poderá ajudar estas crianças.

De certa forma, o livro me aparentou ser um clichê, mas por incrível que pareça eu me apeguei a história do início ao fim, a forma como o autor constrói o cenário e os personagens é de uma admiração tamanha. Vale ressaltar ainda que temos inúmeras fotografias antigas, que por sinal são verídicas, onde chama ainda mais atenção do leitor e de fato, cada uma delas tem um significado e obviamente está relacionada à história.
O trabalho gráfico da Editora Leya está bem bacana, com inúmeras ilustrações, fontes personalizadas e introdução de capítulo com cor da página preta, que deu um charme na obra, mas teve um problema em relação ao tamanho da fonte, que deixaram com letras um pouco pequenas, mas nada que incomode gravemente a leitura.

Um toque de sobrenatural era o que estava faltando nas minhas leituras e em suma, "O Orfanato da Srta. Peregrine" trouxe para mim um universo totalmente mágico, o foco principal deste livro é a vivência do avô do personagem, mas vocês não imaginam os inúmeros segredos que ele escondia - até mesmo desse orfanato como vocês podem perceber, não é mesmo? - . O único porém foi que eu senti mais informações diante do final do livro, mas como eu mencionei no início da resenha existem outras obras a serem lidas, então espero trazer brevemente minha opinião completa sobre esta série aqui para vocês.
[NOTA: 4.5]

Allons-y, @cluaz!

RESENHA | A INESPERADA HERANÇA DO INSPETOR CHOPRA


Título: A Inesperada Herança do Inspetor Chopra
Autor: Vaseem Khan
Publicação: Editora Morro Branco
Ano de Publicação: 2017
Número de Páginas: 308
⭐⭐⭐⭐
 [+] Cedido em parceria com a Editora para resenha.
______________________________________________________
S I N O P S E : No dia de sua aposentadoria, o inspetor Chopra herda dois inesperados mistérios. O primeiro é o afogamento de um jovem pobre, cuja suspeita morte ninguém quer investigar. O segundo é um bebê elefante. Enquanto sua busca por pistas o leva através da movimentada cidade de Mumbai - das ricas mansões ao submundo sombrio das favelas - Chopra começa a suspeitar que há bem mai por trás dos dois mistérios do que ele pensava. E rapidamente descobre que um determinado elefante pode ser exatamente o que um homem honesto precisa... "Uma atmosfera colorida e vibrante transborda para fora de cada página nesta divertida e curiosa história" - Daily Express "Mumbai, assassinatos e um bebê elefante combinados em um espirituoso mistério" - Books Monthly "Uma história encantadora" - Marie Claire
________________________________________________________________________________

Ashwin Chopra, ou mais conhecido como Inspetor Chopra, já estava com os dias da sua aposentadoria contados, apesar de aparentar ser um homem sério e rude, ele também é muito querido pelo público. De certo modo a última coisa que ele queria seria um bebê elefante e voltar a trabalhar... Não dá para apenas se aposentar logo? Porque sempre tem que ter uma interrupção? É necessário o descanso depois de um longo período resolvendo casos, porém para este protagonista tudo acabou virando de cabeça para baixo. Mas calma... que esse Baby Ganesh poderá trazer vários frutos para o desenvolver da história e quem sabe conquistar até o coração do nosso querido inspetor. 


"Até mesmo o inspetor Chopra, que nunca permitia que suas emoções o dominassem, que era sempre racional e lúcido, podia ser tomado pelo sentimentalismo."

Depois de ver uma mãe enlouquecida completamente, sem mais nenhum rumo depois da terrível morte do seu filho, o querido Chopra resolve desvendar todo o caso, porque pela polícia já estava encerrado.  ❝ – Meu filho está morto e eles não querem levantar um dedo (...) Só estão aqui para servir os ricos! ❞ , disse a mãe.

De uma forma ou outra, todas as pistas irão evoluir para  o assunto mais sérios, que estão totalmente ligados com o próprio Chopra e além disso é um livro repleto de críticas, como por exemplo na justiça, mas de forma leve e com um toque de humor. Em suma, eu acabei me pegando em várias partes rindo do protagonista junto com o baby ganesh.
A obra em si é repleta de críticas, como por exemplo na justiça, mas de forma leve e com um toque de humor. Na maior parte de "A Inesperada Herança do Inspetor Chopra" eu acabei me pegando rindo das suas aventuras. ⠀ Eu já gostava da cultura da Índia faz um tempinho e agora depois dessa riqueza em detalhes a respeito de Mumbai, é obviamente que gostei de todo o cenário, mas cá entre nós, vocês acham que o Baby Ganesh não vai ganhar nenhum papel? ⠀ Ele está mais relacionado a história do que imaginam... E além disso algumas respostas serão encontradas graças a este elefantinho 💛 

Em relação a diagramação nem preciso falar que a Editora Morro Branco me conquistou mais uma vez, não é mesmo? Eles adaptaram a capa original da obra e confesso que ficou encantador, a fonte da capa está bem bacana e traz tudo relacionado à história. Os capítulos são curtos, as letras estão boas e bem espaçadas e ah, a cor das páginas segue o mesmo padrão amarelada.

É o primeiro livro da série "Agência de Detetives Baby Ganesh", e de certa forma o autor se saiu bem nesta sua introdução, mas de certa forma algumas pontas ficaram soltas, porém foi apenas uma minoria e então espero que ele consiga resolver isto nos próximos livros, porque criatividade ele tem bastante! Apesar dessa interrupção é uma leitura altamente recomendada! 

[NOTA: 4.0]
Allons-y, @cluaz!
 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR LUAN SAMPAIO