25 de fevereiro de 2017

RESENHA | A BIBLIOTECA INVISÍVEL



"A Biblioteca Invisível" é o livro de estréia da Editora Morro Branco, ele é o primeiro livro de uma série, que a sua continuação sairá ainda este ano, onde temos um infanto-juvenil bem fantasioso, com muito suspense, aventura e um leve toque de romance. Claramente um steampunk - subgênero da ficção científica - bastante original.  É o primeiro livro que leio neste estilo e realmente gostei de todo o enredo abordado e o fato de se passar na época dos anos noventa. 

Narrado em terceira pessoa, conhecemos a protagonista Irene e ela é bibliotecária, ela realmente mostra toda a potencialidade no decorrer da leitura e além de tudo eu achei ela bastante determinada, as características dela não são muito faladas na obra, isso tem seu lado ruim, vamos concordar, porém em minha opinião isso facilitou na imaginação de mulher totalmente diferente do que seja. 




Vale ressaltar que ela não é uma bibliotecária comum e sim uma espiã profissional das obras literárias, o que achei bem inovador por parte da autora. Outra coisa interessantíssima neste livro, é que no caso, o nome da personagem foi uma inspiração dos livros do Sherlock Holmes, que foi a Irene Adler e cá entre nós, como um bom fã da série de televisão, eu adorei saber disso assim que comecei a me aventurar na escrita. 










Qualquer um desses bibliotecários podem escolher como querem ser chamados. No caso, se eu participasse deste universo, meu nome claramente seria Harry Potter, óbvio! 😂 Por aí já temos uma noção de que terá várias referências no decorrer da leitura - e para quem ama Sherlock & Doctor Who, vai adorar este livro -. Kai, que mesmo sendo um personagem secundário, ele ganha bastante destaque.

Irene tem uma missão! Encontrar um livro que foi roubado, só que para ela encontrá-lo terá ajuda de seu assistente Kai, que mesmo sendo um personagem secundário, ele ganha bastante destaque. Já podemos sentir um clima de romance no ar, não é verdade? Porém ele não é tão evoluído assim nesse primeiro livro.

O local onde Irene precisa encontrar o livro que foi roubado é em Londres, só que alternativa e ela acaba descobrindo que a obra foi roubada. Óbvio que não vai ser tão fácil assim, pois neste enredo também temos o lado negro da força mais conhecida como Caos, que são as criaturas sobrenaturais.




Esse livro tem uma variação de seres: fadas, vampiros e outros seres fantasiosos e infelizmente isso acabou me dificultando um pouco na hora de compreender, porque a autora não específica muito bem quem é quem,  por isso, senti a falta de detalhes. 

Mas apesar de tudo isso, a obra não deixa de ser fascinante, porque realmente somos transportados para o mundo onde a protagonista vivência e claro, este livro nos faz refletir sobre o universo literário, algumas teorias também acabei encontrando neste livro, mas além de tudo temos um ponto principal: o incentivo à leitura nos dias de hoje.

Em relação a diagramação, está impecável! Na realidade, eu acho essa capa muito fiel à história e além disso o enredo é tão lindo quanto a capa. As minhas considerações finais deste livro é que ele não passa nada mais do que uma leitura obrigatória para todos aqueles que gostam de livros, personagens cativantes, mistério, drama, romance, suspense e claro,  muita aventura, pois a jornada da Irene não finalizada aqui, espero que na próxima obra a autora enriqueça mais nas características, mas que não deixe a leitura cansativa




























"(...) Quanto mais antes entregasse aquele livro e fizesse um relatório, mais cedo poderia se limpar, secar e sentar-se com um bom livro."
Os livros da série "A Biblioteca Invisível" são compostos por: 
A Biblioteca Invisível (caso se interesse, compre aqui)
The Masked City (aguardando a tradução da Editora)
The Burning Page (aguardando a tradução da Editora)


⭐⭐⭐⭐
Allons-y, @justificou!

21 de fevereiro de 2017

[PARCERIA] EDITORA MORRO BRANCO


Oi, pessoal! Tenho uma novidade bem legal aqui para vocês, apesar dela já ter passado um tempinho que não chega nem a ser tão surpreendente assim, mas...

O BLOG É PARCEIROS DA EDITORA MORRO BRANCO!!!!! 🎉🎉🎉🎉🎉

Fiquei super feliz quando recebi essa notícia e sou extremamente grato pela oportunidade que nos cederam, realmente só tenho que agradecer a editora e por vocês a cada dia que me acompanham 💛

Para estrear essa bela amizade do Justificou com a Morro Branco, acabei recebendo de cortesia o livro "A Biblioteca Invisível", mas antes de tudo, vamos conhecer um pouco sobre eles? 
   ...Eternizando Ideias 

Uma editora formada com foco na promoção de autores e ideias dentro de uma visão global, a Editora Morro Branco preza pela qualidade de seus títulos e criação de novos leitores. Visando a propagação de diferentes perspectivas, a Editora se empenha na difusão de novos conceitos e no efetivo intercâmbio cultural. 

Na Morro Branco celebramos todas as culturas, tomando como nossa missão a criação de novas experiências literárias, sempre pautadas em nossos ideais e na qualidade de nosso trabalho. 

Os sócios da Editora Morro Branco também são acionistas controladores da Núcleo Holding, que congrega empresas de engenharia como a Núcleo Engenharia Consultiva S.A., uma das maiores empresas do seu setor, continuando agora sua trajetória de excelência e dedicação em um novo segmento. 

Investindo em autores iniciantes, experientes e na tradução de obras globais, trabalhamos com a perspectiva de um catálogo diversificado, não nos atendo a gêneros específicos, mas dando ênfase a obras que compartilhem a cultura da editora. 
O primeiro livro de uma fantástica série sobre livros roubados, realidades alternativas, agentes secretos e sociedades proibidas - pense em Doctor Who com espiões bibliotecários!
Irene é uma espiã profissional da misteriosa Biblioteca, uma organização que existe fora do tempo e espaço e que coleciona livros e manuscritos de diferentes realidades.
Junto com seu enigmático assistente Kai, ela é enviada para uma Londres alternativa com a missão de recuperar um perigoso livro. Mas quando chegam, ele já foi roubado. 
As principais facções do submundo londrino estão prontas para lutar até a morte para achá-lo, e a missão de Irene é dificultada pelo fato de que o mundo está infestado pelo Caos - as leis da natureza foram distorcidas para permitir a existência de criaturas sobrenaturais e mágicas imprevisíveis.
Enquanto seu novo assistente guarda seus próprios segredos, Irene logo se vê envolvida em uma aventura repleta de ladrões, assassinos e sociedades secretas, onde a própria realidade está em perigo e falhar não é uma opção.


Todos os pais mentem. Mas algumas mentiras são maiores do que as outras. "Datas só nos fazem perceber quão finitos nossos dias são, quão mais perto da morte ficamos a cada dia que passa. De agora em diante, Punzel, vamos viver seguindo o sol e as estações”. Ele me pegou no colo e me girou, rindo. 
“Nossos dias serão infinitos”. Com aquela última marca, o tempo parou para nós em 20 de agosto de 1976". Peggy tinha oito anos quando seu pai a levou para viver em uma remota cabana no meio de uma floresta europeia. Lá ele lhe disse que sua mãe e todas as outras pessoas do mundo morreram. Agora eles precisam viver da terra e sobreviver ao rigoroso inverno. Mas até quando a pequena Peggy vai acreditar na história de seu pai? Até quando você pode ficar são, quando o mundo está perdido? O que acontece quando você para de crer em tudo?


Em 1852, William é um deprimido biólogo inglês, que deseja criar um novo tipo de colmeia capaz de trazer reconhecimento para sua família. Em 2007, George é um apicultor americano que luta para manter o negócio produtivo e acredita que seu filho pode ser a salvação de sua fazenda. Em uma China futurista, quando todas as abelhas desapareceram, Tao trabalha com polinização manual. Enquanto passa seus dias pendurada em árvores, deseja para seu filho uma educação e vida melhores do que a sua. Mais do que uma distopia sobre o desaparecimento das abelhas, em que passado, presente e futuro se encontram, Tudo Que Deixamos Para Trás é uma poderosa história sobre o relacionamento entre pais e filhos e o sacrifício que fazemos por nossas famílias.

E então, gostaram da novidade? Já leram alguns desses livros ou pretendem? Tenho certeza que está nova conquista será bastante proveitosa e aliás, a resenha deste livro saíra daqui a alguns dias! Mas já confesso que estou adorando a leitura 🙌

Allons-y, @justificou!
 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR LUAN SAMPAIO